Pages

Header bannerHeader bannerHeader bannerHeader bannerHeader bannerHeader bannerHeader bannerHeader bannerHeader bannerHeader bannerHeader bannerHeader banner

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Happy Birthday to moi!

O meu primeiro aniversário por aqui no blog. Já são 23. Sinceramente não estava nada à espera de, com esta idade, a minha vida estar como está. Não é que esteja má, mas sempre pensei que já estaria a viver no meu T1 com um emprego semi-decente e totalmente independente da família. Além disso, há 5 anos que vivo praticamente o meu dia-a-dia por Lisboa, e ainda me recuso a aceitar que os meus anos já não num feriado (é feriado em Sesimbra, sempre tive os meus dias livres e até havia carrinhos de choque a algodão doce, por isso acho que o meu denial é aceitável!).
Ao menos o meu instinto sempre me disse que os 25 é que vão ser o meu ano. 
Agora é a agonia de sobreviver a um número ímpar (odeio-os).


Já agora, 23 anos e o meu filme favorito ainda é A Pequena Sereia e adoro ver os Looney Toones de manhã no Panda Biggs. Living La Vida Loca!

FACEBOOKINSTAGRAMPINTEREST

7 comentários:

  1. Parabéns !
    Que tenhas um ótimo dia.
    Xoxo

    Http://www.atwednesdaysiwearpink.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Muitos parabéns :)

    http://mourissima.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Parabéns !
    E eu compreendo-te na parte de pensares que aos 23 já terias a viver outra realidade...
    Estou no mesmo barco que tu...
    Beijinho,
    ❀ Blog ❀ K of Kawaii ❀ | Instagram

    ResponderEliminar
  4. Como prenda nomeei-te para mais uma TAG: http://lenaspetals.blogspot.pt/2015/05/amoodeio-tag.html

    xx

    ResponderEliminar
  5. Parabéns! E bem-vinda aos ímpares :) Esperemos que isso se desmistifique com este ano :)

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Parabéns atrasados! Este ano também faço 23 e não sou nada fã de números ímpares!

    ResponderEliminar
  7. ah ah ah ah uma vez escrevi um artigo sobre isso para um jornal: o que é esperávamos estar a fazer aos 30 anos e o que fazemos realmente. Eu faço 30 este ano e também achava que, nessa altura, já estaria casada, a viver independente, com um emprego super estável. E olha para mim, freelancer, a montar um projecto independente mas com uma vida nada, nada, independente como achava :)
    As coisas são mesmo assim, nunca são nada do que esperávamos :)

    ResponderEliminar

Obrigada por lerem e comentarem!
Quando me fazem perguntas eu respondo aqui, directamente no comentário.
Beijinhos ♡

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...